Publicado em: 21 de outubro de 2020


6 dicas para ajudar na prevenção do câncer

Estamos no Outubro Rosa, mês que atenta para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama, que criam células anormais que se multiplicam, dando origem ao tumor.

É importante dizer que existem diversos tipos de câncer de mama, o que dá a possibilidade da doença evoluir de diferentes formas. Alguns tipos possuem um desenvolvimento mais rápido, enquanto outros crescem de maneira mais lenta. Os comportamentos são diferentes, pois cada tumor possui características próprias e distintas.

Apesar de ser raro, vale lembrar que o câncer de mama também pode acometer homens, representando em torno de 1% do total de casos da doença.

Quando falamos de prevenção primária para o câncer de mama, na verdade o objetivo é impedir que o câncer possa se desenvolver. E tudo isso inclui evitar a exposição aos fatores de risco, como também o início de um modo de vida mais saudável.

Já a prevenção secundária tem como objetivo detectar e tratar doenças pré-malignas (por exemplo, lesões geradas pelo vírus HPV ou pólipos que podem acometer as paredes do intestino) ou mesmo cânceres assintomáticos em estágios iniciais.

Você também pode gostar de ler sobre:

6 dicas para prevenir o câncer:

Não fume e evite ingerir álcool

Essa é a principal regra para prevenir não só o câncer, como também diversas outras doenças. O fumo favorece, principalmente, o surgimento do câncer de pulmão, cavidade oral, laringe, faringe e esôfago. Isso porque, durante o fumo, são liberadas mais de 4.700 substâncias cancerígenas/tóxicas no ambiente, que vão direto para o pulmão dos próprios fumantes e não fumantes que estejam por perto. Parar de fumar além de ser um ato de amor próprio, acaba beneficiando as pessoas que estão ao seu redor.

Já evitar consumir bebida alcoólica, ou mesmo moderar esse consumo, já contribui efetivamente para o fortalecimento do organismo, pois a ingestão excessiva de álcool enfraquece as defesas naturais do corpo e favorece o aparecimento de doenças, dentre elas o câncer, principalmente se combinada com o tabaco.

Alimente-se de maneira saudável

Você sabia que o sobrepeso e a obesidade, principalmente após a menopausa, são um dos fatores que mais contribuem para o aparecimento do câncer de mama em mulheres? Pois é! Por isso, ter uma alimentação regrada, rica em alimentos de origem vegetal, como legumes, verduras, frutas, cereais, entre outros, são de grande importância para se manter longe dos riscos de desenvolvimento da doença. Fique atenta a isso!

6 dicas para ajudar na prevenção do câncer 1
Prevenção câncer de mama (reprodução INCA)

Exercite-se!

Você já deve ter ouvido isso muitas vezes, mas a verdade é que a prática de exercícios é essencial para a boa manutenção do corpo. Deixe o sedentarismo de lado e comece a fazer alguma atividade física. Escolha aquela que melhor se enquadre dentro do que você deseja e precisa. Não é necessário se matar na musculação ou mesmo cair dentro do Cross Fit. Uma caminhada ao ar livre, feita de maneira regular, já contribui para o bem-estar do seu corpo.

Se puder, amamente!

O aleitamento materno é o primeiro e melhor alimento que o seu filho ou filha irá ter. Ele é importante, pois além de favorecer o crescimento saudável da criança, também protege a mãe contra o câncer de mama. Isso porque a amamentação ajuda a reduzir a exposição da mulher aos hormônios que aumentam o risco do câncer, além de eliminar as células mamárias com mutações. Quanto maior o tempo de aleitamento, maior será o benefício. E essa proteção se estenderá em todas as fases da vida dela.

Vacinação e Papanicolau

O exame preventivo do câncer do colo do útero é essencial para detectar quaisquer alterações na região. Com ele, é possível detectar facilmente o que não está indo bem e já começar o tratamento. Para mulheres entre 25 e 64 anos é importante a realização periódica desse exame, geralmente a cada três anos.

Também é importante que meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14, vacinem-se contra o HPV. A vacina, que é disponibilizada gratuitamente pelo SUS, se une ao Papanicolau como uma dupla preventiva contra o câncer do colo de útero. No entanto, mesmo mulheres vacinadas, após atingirem os 25 anos, devem realizar um exame preventivo a cada três anos, pois a vacina não imuniza contra todos os subtipos de HPV.

Já outra vacina essencial é contra a hepatite B, a principal causadora do câncer de fígado. Pessoas de todas a idades devem se vacinar.

Evite se expor à radiação e ao sol das 10h às 16h

Ao sair no sol, use sempre protetor solar, principalmente na face. Se for à praia, opte por usar bonés ou chapéu de aba larga. Os lábios também merecem um cuidado, por isso não esqueça de protegê-los e hidratá-los para evitar o ressecamento.

Faça o que for preciso para se expor ao mínimo de radiação possível, principalmente os raios X. Geralmente os exames de mamografia (para detecção do estado da mama) só é recomendado às mulheres após os 50 anos, antes disso, existem mais malefícios do que benefícios referente sua realização. No entanto, para que não fique qualquer dúvida, consulte o seu médico.

Anotou tudo? Então ótimo! Só não esquece de seguir esses passos no dia a dia. A sua saúde agradece.

 

Fonte: INCA

Compartilhe também:

Você pode gostar de ler também

Amamentação: dicas e cuidados sobre como amamentar

Amamentação: dicas e cuidados sobre como amamentar

Agosto é o mês dourado, simbolizando o incentivo à amamentação, prática de grande importância para o desenvolvimento dos bebês. A cor faz referência aos momentos de ouro e a qualidade do leite materno...

x

Precisando da 2ª via do boleto?

Digite o CPF e a Data de Nascimento e retire a 2ª via de boleto

Campo de preenchimento obrigatório

Boletos vencidos podem ser pagos em qualquer banco.