Publicado em: 20 de março de 2020


Coronavírus (COVID-19): A importância das táticas e métodos de prevenção

Atualmente, diversos países têm se mobilizado e tomado medidas drásticas para evitar a propagação do COVID-19, e isso inclui desde o fechamento de escolas até fronteiras nacionais, tudo para conter a pandemia do Coronavírus. No entanto, existem medidas simples que podemos adotar como indivíduos para evitar a propagação da doença, hábitos simples como o isolamento social, lavar as mãos constantemente ou adotar o álcool em gel, comprovadamente favorecem a contenção do vírus.

Todavia, muitos têm se perguntado a eficácia dessas medidas. Diante disso, vamos analisar o quanto elas podem ser válidas para a prevenção do Coronavírus.

Higienização das mãos

De acordo com o Ministério da saúde, o uso de álcool gel ou lavar as mãos com água e sabão são medidas básicas para prevenção, pois ambos eliminam os micróbios da superfície da pele. Já o álcool pode ser usado tanto para higienização pessoal das mãos quanto para objetos, mas é necessário que seja, ao menos, 70% álcool. Sobre as porcentagens de álcool maiores do que 70%, a eficácia é bem semelhante, todavia esse produtos podem ressecar a mão do indivíduo.

Com a crescente indisponibilidade do produto, muitos optaram por fazer versões caseiras, porém tal prática não é recomendada, pois irá depender da regulamentação da Anvisa para garantir sua eficácia. Lembrando que um álcool gel adequado para uso, além de outros pré-requisitos, deve apresentar coloração opaca, não transparente.

Ele deve ser usado sempre ao sair de lugares com grande circulação de pessoas como transporte público e ao chegar em casa, ressaltando a necessidade de passar entre os dedos, unha e no dedão, assim como ao lavar as mãos com água e sabão.

Máscaras de proteção

Nos últimos dias, tem sido muito comum ver pessoas usando máscaras de proteção e até mesmo luvas cirúrgicas ao sair de casa. Tal prática é recomendada para todos, principalmente para quem está contaminado, com intuito de não disseminar a doença. As mais indicadas no momento são máscaras feitas a partir do tecido algodão, com 2 ou 3 camadas grossas de proteção, e elas devem cobrir nariz e boca.

Recentemente a Câmara aprovou o uso obrigatório de máscara nos locais públicos em todo o país. O projeto agora terá de passar pelo Senado. Pela proposta, multa em caso de descumprimento deve ser regulamentada por governadores ou prefeitos.

Higienização do celular

Evitamos ao máximo levar a mão ao rosto para evitar a contaminação, porém de nada adianta se você está com o telefone encostado no rosto. O celular passa na mão, encosta na mesa, é tocado por outras pessoas e por isso pode ser um modo fácil de contrair a doença.

Porém, não é necessário que parem de usar o aparelho, apenas sua higienização de forma correta, para aparelhos Samsung, com revestimento em cerâmica, vidro e metal, o indicado é usar álcool etanos concentração 70%, já para os aparelhos da Apple, a recomendação é isopropílico concentração, também, de 70%.

Higienize as entradas de conectores com um cotonete e, com um lenço umedecido, a tela do celular. Não se esqueça de tirar a case e higienizar ela também.

Quarentena (isolamento social)

Recentemente foi decretado o fechamento de diversas escolas e estabelecimentos pelo brasil, com o intuito de que as pessoas permaneçam em casa pelo menos duas semanas. A intenção é a diminuição do contágio.

Muitos chegaram a questionar o método, pois a doença, para a maioria, não é letal, porém a importância desse método está no fato de que todos podem se contaminar e, assim, se tornarem transmissores contagiando pessoas que fazem parte do grupo de risco (idosos, pessoas com doenças prévias e imunidade baixa), o que poderia ser fatal.

Atenção aos exageros!

Relacionado ao tópico sobre a quarentena, algumas pessoas acharam importante estocar comida e utensílios básicos para casa, com intuído de evitar sair para rua caso a situação venha piorar ou até mesmo diante do medo de que, com o vírus circulando e as atividades laborais reduzidas, os mercados não consigam ser abastecidos e a comida acabe.

Primeiro, não há nenhuma indicação das autoridades para estoque de alimentos. Apenas para evitar locais com aglomerações, o que inclui os mercados. O que pode ser feito, neste caso, é comprar alimentos com validade maior ou procurar ir comprar os alimentos nos horários de menor movimento, ou mesmo apostar em médios e pequenos estabelecimentos.

Também é importante ressaltarmos que, no Brasil, vivemos uma grande desigualdade social, sendo assim, a quantidade de pessoas que têm capacidade financeira de, em apenas uma ida ao mercado, comprar grade quantidade para estoque, é pequena. Ao fazer isso, outros que só podem comprar pequenas porções poderão sofrer com a falta de alimento disponível nos mercados. Então, além da não necessidade de estocar alimentos ou utensílios básicos, é também uma questão de solidariedade.

O que fazer para evitar a contaminação?

  • Lavar bem as mãos com sabão
  • Fazer o uso de álcool gel
  • Higienizar os objetos
  • Cobrir o nariz e a boca com um pano, ao espirrar
  • Só sair de casa quando imprescindível
  • Manter os ambientes bem ventilados
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal

Diferença dos sintomas

A seguir a tabela feita pela Secretaria da Saúde, mostra como diferenciar o Covid-19 de outras doenças virais.

Saiba diferenciar os sintomas (Reprodução Ministério da Saúde).

O que fazer durante a quarentena?

  • Pratique exercícios dentro de casa, na internet é fácil achar vídeo aulas de exercícios fáceis mesmo não tendo aparelhos de ginástica;
  • Aproveite para socializar em família, joguem um jogo de tabuleiro, cartas ou videogame;
  • Coloque os filmes e as séries em dia, muitas plataformas disponibilizaram diversos conteúdos, alguns podem ser conferidos gratuitamente;
  • Faça um curso online;
  • Leia um livro;
  • Faça vídeo chat com os amigos para matar a saudade.

Por fim, esse é um momento de cuidado, porém não há necessidade de se desesperarem. Sempre que possível, seja solidário ao próximo, coso você tenha vizinhos idosos que precisam ir ao mercado, ofereça-se para ir no lugar deles. Adotando essas medidas básicas estaremos muito mais fortes na luta contra o Coronavírus.

 

Fonte: Ministério da Saúde

Compartilhe também:

Você pode gostar de ler também

x

Precisando da 2ª via do boleto?

Digite o seu CPF e retire a segunda via do boleto

Campo de preenchimento obrigatório

Boletos vencidos podem ser pagos em qualquer banco.